02.06.2022 por Marketing
  • Principal
  • >
  • Blog
  • >
  • NOTÍCIAS

Atendimento humanizado melhora a relação entre paciente e profissional

Atendimento humanizado melhora a relação entre paciente e profissional

Apesar da odontologia digital otimizar os processos e tratamentos, o atendimento humanizado ajuda a estabelecer o fator principal: a relação entre profissional e pacientes.

O modo como eles são recebidos e tratados ao longo do atendimento, minimizam a ansiedade e o estresse, gerando confiança e valorização.

 

O que é atendimento humanizado?

Com o tempo, a forma de atendimento pode se tornar automática, fazendo com que as pessoas se sintam tratadas como números. A impressão de ser “apenas mais um” gera uma sensação de descaso, que, quando somada ao medo natural de ir ao dentista, pode fazer com que se perca um paciente em potencial.  

A odontologia humanizada busca oferecer um atendimento de certa forma personalizado. Visando às inseguranças, apreensões, histórico e desejos de cada um. Dessa forma, o profissional trata o seu paciente de forma empática e responsável, cultivando um laço de proximidade e o interesse no bem-estar.

Existem pessoas que simplesmente não gostam do ambiente do consultório, do cheiro, dos instrumentos e do barulho dos motores. Porém, de acordo com o blog Tua Saúde, há casos em que a síndrome do jaleco branco pode desencadear sintomas de ansiedade, como o aumento da pressão arterial e frequência cardíaca, tremores, suor frio, ânsia de vômito e tensão muscular.

Por isso, o objetivo da humanização é minimizar o desconforto que os pacientes sentem e eliminar a impressão de que ir ao dentista é sinal de coisas negativas.

Tudo isso pode ser resolvido na forma de abordagem, ao escutar as queixas e demonstrar interesse. Afinal, ao ser acolhido, as chances de o paciente realizar o tratamento, voltar ao consultório e indicar os serviços são maiores.

 

Como aplicar na odontologia?

Imagina chegar em um ambiente e não se sentir confortável. Isso despertará alguns gatilhos de antigos traumas.

Por isso, a nova modalidade de atendimento é uma tendência em ascensão e pode estar presente no modo como os dentistas se relacionam, nas técnicas, nos procedimentos adotados e, até mesmo, na decoração do consultório.

A odontopediatria é um bom exemplo de atendimento humanizado. O ambiente é preparado para as crianças se sentirem seguras. O espaço é colorido, com brinquedos e acessórios que geram conexão e interatividade com o paciente.

Pensando em pacientes mais velhos, as estratégias devem ser focadas no acolhimento e empatia, de forma que não gere estresse e piore os traumas. O que pode ser feito:

  • Equipe treinada
  • Empatia
  • Escuta ativa
  • Respeito
  • Tecnologia

Em conjunto, esses fatores tornam o ambiente perfeito para todos. Isso porque uma equipe treinada não tratará os pacientes como números, exercerá a empatia para entender o que a pessoa está sentindo e ajudará a encontrar a melhor solução.

A escuta ativa permitirá que o profissional estabeleça um elo com o paciente, respeitando os medos e desejos do mesmo. Além disso, o investimento em tecnologia oferecerá tratamentos otimizados, seguros, personalizados e confortáveis.

A odontologia digital permite maior previsibilidade e assertividade nas consultas e procedimentos. Mantenha-se atualizado sobre o seu relacionamento com seus pacientes!

Fale com a ABOD

Fale com a ABOD

Conecte-se

(31) 98361-0374

[email protected]

Loading icon