29.01.2021 por Marketing
  • Principal
  • >
  • Blog
  • >
  • NOTÍCIAS

Inteligência Artificial na Odontologia

Inteligência Artificial na Odontologia

O termo Inteligência Artificial (IA) é principalmente associado à robótica.

Ele descreve como a tecnologia é usada para desenvolver um software ou uma máquina, que pode facilmente imitar a inteligência humana e realizar atividades específicas.

Atualmente observamos um crescimento exponencial de aplicativos, como Siri e Alexa, que estão no topo deste tipo tecnologia.

Na Odontologia surgiram várias soluções que usam a IA, principalmente para auxiliar no processo de diagnóstico, o que é de extrema importância para se obter os melhores resultados dos tratamentos.

Em um artigo recente publicado pela Journal of Dental Sciences, foi realizada uma revisão de literatura com o objetivo de identificar o desenvolvimento dos dispositivos de IA utilizados na odontologia, e avaliar o seu desempenho em termos de diagnóstico, tomada de decisão clínica e previsibilidade do tratamento. Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, 43 artigos foram lidos na íntegra e analisados ​​criticamente pelos autores, para dados quantitativos.

Os estudos incluídos nesta revisão foram principalmente sobre a aplicação de IA para:  detecção e diagnóstico de cárie dentária, diagnóstico de cárie dentária proximal, detecção de fraturas radiculares verticais, detecção de lesões apicais, localização de forame apical menor, avaliação da morfologia radicular, diagnóstico de doenças das glândulas salivares, diagnóstico de sinusite maxilar, cistos maxilofaciais, metástases de linfonodos cervicais, detecção de osteoporose, previsão do diagnóstico de extrações ortodônticas, avaliação da necessidade de tratamentos ortodônticos, determinação do crescimento e desenvolvimento dos estágios das vértebras cervicais, análise cefalométrica, identificação de marcos cefalométricos, diagnóstico de cirurgias ortognáticas, avaliação do impacto do tratamento ortodôntico facial, determinação do sexo por meio de parâmetros morfométricos mandibulares, estimativa da idade com base no desenvolvimento do terceiro molar, classificação dos tecidos cancerígenos, previsão de edema facial pós-operatório, detecção de perda óssea periodontal, detecção do grau de perda óssea alveolar.

A análise detalhada destas publicações mostrou alta eficiência do uso da IA em diversas especialidades odontológicas, e que estes dispositivos podem ajudar os cirurgiões-dentistas para tomada de decisões mais precisas, tanto de diagnóstico como de planejamento. Os autores ressaltam ainda que dentistas menos especializados podem usar a IA como suporte e que a automação pode economizar muito tempo.

Esses estudos indicaram que o desempenho de um sistema automatizado baseado em IA é excelente. Eles imitam a precisão e exatidão de especialistas, superando em alguns casos a capacidade humana.

Estamos entrando na era da IA na Odontologia e tanto profissionais como pacientes serão amplamente impactados.

Referência: Journal of Dental Sciences Volume 16, Issue 1, January 2021, Pages 508-522

Fale com a ABOD

Fale com a ABOD

Conecte-se

(31) 98361-0374

[email protected]

Loading icon